Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

I Met God she’s Green

Um blog de Joana Seixas e Brandão, sobre tudo o que podemos fazer para tornar as nossas vidas mais sustentáveis e mais felizes!

I Met God she’s Green

Turismo Sustentável - 6 Destinos

13.04.19 | Madalena

GM-Travel-SustainableTourismCountries-THUMB-152537

Há muitos sítios bonitos no mundo. Muitos!

Muitos dos locais mais incríveis do mundo onde gostamos de passar férias estão em risco devido às alterações climáticas, aumento da população, turismo e desenvolvimento em excesso.

Por estas razões é importante pensarmos como podemos contribuir para que estes destinos maravilhosos se mantenham como são!

É aqui que entra o turismo sustentável, que tem em conta o impacto do turismo e explora formas de minimizar ou eliminar os efeitos negativos do mesmo, para que os locais de sonho existentes se possam manter como os conhecemos.

Onde é que isto está a acontecer? Que países é que estão a fazer um esforço notável para manter a sua beleza natural?

Aqui fica uma lista de 6 países, um em cada continente (excepto a Antártida), onde se assegura que o turismo é feito com respeito pela natureza e a pensar no futuro.  

Adivinhem qual é que aparece logo em primeiro lugar? Açores! Yeah!

 

Açores

GM-Travel-SustainableTourismCountries-Azores-15253

Os Açores têm sido constantemente apontados e premiados pelo cuidado que têm com a sustentabilidade.

O governo tem sido proactivo a proteger as suas ricas e diversas paisagens: vulcões extintos, grandes desfiladeiros e as quatro reservas da biosfera reconhecidas pela UNESCO, algumas delas acessíveis apenas a pé por trilhos cuidadosamente criados para tal.  

Nos Açores também têm sido adoptadas outras práticas sustentáveis como o uso recorrente de energias renováveis, um plano especial para a utilização das águas e a preocupação em assegurar que os lucros do turismo beneficiam o património cultural, a economia e vida local.

 

Botswana

GM-Travel-SustainableTourismCountries-Botswana-152

Situado no interior da África Austral, o Botswana é conhecido por ser um dos países mais estáveis e seguros do continente Africano. É também líder no turismo sustentável. 

Um quinto do território deste país é considerado parque de vida selvagem devido à diversidade e densidade da vida animal. Aqui podemos ver grande felinos, a maior concentração de elefantes do mundo e a famosa migração anual dos gnus.

No norte do país existe uma vasta zona de ecoturismo que inclui o Parque Nacional de Chobe, a Reserva de Selinda, o Delta do Okavango e áreas de conservação comunitária. Todos  procuram um balanço sustentável entre a preservação da natureza e os lucros. Estes esforços são apoiados por um sistema nacional de certificação para o ecoturismo que incentiva a indústria do turismo à aplicação de boas práticas, como por exemplo, a utilização de carros e barcos eléctricos silenciosos, livres de emissões de CO2, para a observação da vida animal.

 

Costa Rica

GM-Travel-SustainableTourismCountries-CostaRica-15

Perto da extremidade sul da América Central, a Costa Rica situa-se no istmo, a norte do Panamá.

As suas florestas tropicais e praias são conhecidas pelo efeito incrível causado pelo encontro entre o oceano Atlântico e Pacífico.

A Costa Rica está a tentar ser o primeiro país do mundo neutro em carbono, até 2021.
De Janeiro a Junho de 2017 a electricidade passou a ser praticamente toda gerada através de fontes renováveis. 
 
Desde 1970 que este país promove o ecoturismo.
 
Determinados a conservar a biodiversidade e cobertura vegetal necessárias, também estabeleceram um programa de crédito para a compensação das emissões de dióxido de carbono e ofereceram pagamentos elevados aos latifundiários baseados no seu desempenho para promover a reflorestação e regeneração das terras. Tem funcionado!
 
Hoje em dia, a sustentabilidade está impregnada em todos os sectores industriais da Costa Rica, principalmente no turismo, motivo pelo qual o país tem sido aplaudido e  considerado uma referência.
 
Continuam a ser criadas leis bastante positivas, como a de protecção contra o comércio de tubarões e contra o abuso e abandono de animais domésticos.
 
 

Mongólia

GM-Travel-SustainableTourismCountries-Mongolia-152Situada entre o norte da China e a Rússia Siberiana, a Mongólia é um país interior caracterizado por extensas estepes verdes, tribos nómadas, cultura de cavalos e yurts.

A Mongólia é uma referência para outros países que estão a tentar adoptar medidas para garantir um desenvolvimento sustentável e responsável.

A Natureza aqui é levada a sério, tendo políticas governamentais que protegem a saúde dos animais como forma de preservar a cultura tradicional nómada, um símbolo nacional que é um grande chamariz para os turistas.

O recentemente criado Green Credit Fund também apoia métodos de investimentos ecológicos e  o desenvolvimento económico amigo do ambiente, o que leva à criação de experiências de turismo ainda mais ricas.

O governo da Mongólia traçou os seus objectivos e políticas nacionais tendo em conta os princípios para uma economia verde e os objectivos de desenvolvimento sustentável da ONU. Tal como no acordo de Paris sobre as alterações climáticas, a Mongólia comprometeu-se a reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em 14%, até 2030.

 

Palau

GM-Travel-SustainableTourismCountries-Palau-152537

A agora independente República do Palau é um paraíso com 340 ilhas vulcânicas rodeadas por uma barreira de corais, situadas no Pacífico oeste tropical, a 900 km este das Filipinas.  

Com uma economia bastante dependente do turismo, o Palau tem dado um grande relevo à sustentabilidade tanto a nível político, como económico e cultural e tem feito um grande esforço para preservar o seu meio-ambiente.

Oitenta por cento do seu território marítimo, principalmente a extraordinária barreira de corais, está protegido e é considerado o maior santuário do mundo para tubarões. Para promover a sua contínua conservação, o governo está a tentar combater o turismo em massa e favorecer e valorizar o ecoturismo.

Para conseguirem um visto para o Palau, os visitantes têm de assinar o Palau Pledge, um documento escrito por crianças onde têm de comprometer a cuidar do património natural e cultural do país. Também inclui algumas recomendações éticas bastantes úteis. 

 

Uruguai

GM-Travel-SustainableTourismCountries-Uruguay-1525

O Uruguai é um país pequeno na costa este da América do Sul e é frequentemente ofuscado pelos seus enormes vizinhos, Brasil e Argentina. Contudo, está muito à frente deles no que diz respeito à sustentabilidade.

Conhecido pelo seu vinho, o tango, a erva-mate e a carne de vaca de alta qualidade, o Uruguai é também um destino maravilhoso para avistar baleias brancas. Para apoiar esta actividade o governo tem sido pioneiro a pôr em prática importantes acções para protecção da espécie, como a proposta de um santuário de baleias no Atlântico sul. 

Recentemente,  fizeram um novo apelo a projectos de ecoturismo sustentável que se foquem na protecção do meio-ambiente. Noventa e cinco por cento da electricidade do país já é proveniente de energias renováveis e estão a fazer progressos no sentido da neutralização do dióxido de carbono, até 2030.

O Uruguai é um exemplo na América Latina em assuntos como a democracia, paz, baixa corrupção, liberdade de imprensa e prosperidade. Foi destacado recentemente pelas Nações Unidas pelo crescente progresso na diminuição da pobreza, direitos das mulheres e apoio à comunidade LGBT.

 

Excerto do artigo 'Visit These 6 Countries Known For Sustainable Tourism', Green Matters

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.