Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

I Met God she’s Green

Um blog de Joana Seixas e Brandão, sobre tudo o que podemos fazer para tornar as nossas vidas mais sustentáveis e mais felizes!

I Met God she’s Green

Loiça Sem Vestígios

10.07.19 | Joana

No caminho que estamos a fazer para ter uma cozinha com menos desperdício, uma das preocupações que devemos ter são os detergentes que usamos. Devemos ter cuidados na escolha e ter em conta vários factores, a sua composição, a sua eficácia,  mas também ter preocupação com os vestígios que deixam na loiça e na contaminação das águas. 

Podemos ter várias opções. Para quem tem tempo pode fazer o seu próprio detergente, em breve iremos partilhar algumas receitas, de detergentes caseiros, para a loiça, para a casa e para a roupa. 

Felizmente para nos ajudar, existem já algumas marcas que estão a trabalhar no sentido de nos oferecer soluções práticas e verdadeiramente eficazes, com preocupações ecológicas. 

50B65EEE-54E2-465F-B908-FA9B56DDF6C8.jpeg

Neste sentido fomos conhecer a primeira gama premium de detergentes para a máquina da loiça da Finish, Finish Quantum Ultimate, que promete uma nova dimensão de limpeza e brilho da loiça, até em ciclos curtos, com reduzido impacto ambiental ao ser 100% biodegradável.

As novas pastilhas surpreendem pela preocupação com a sustentabilidade ambiental ao serem 100% biodegradáveis e por virem numa embalagem inovadora que é 100% reciclável, no formato “Tub” com 48 pastilhas (nas variedades Regular e Limão). 

finish-5625 (1).jpg

E quisemos saber, qual é a forma mais ecológica de lavar a loiça?

 Segundo um estudo, em média utilizamos 103 litros de água a lavar a loiça na Europa, uma média de todos os métodos usados.

Claro que vai depender do nosso método e máquina da loiça, mas para termos uma ideia, se deixarmos a água a correr e lavarmos a loiça à mão, podemos gastar 170 litros por lavagem, se lavarmos na máquina, podemos gastar só 10 litros de água (dependendo do programa usado). O programa Eco é geralmente o mais ecológico, porque apesar de ser dos mais longos é o que gasta menos água.

Evento Lançamento Finish (3) (1).JPG

A conclusão a que chegámos é que lavar a loiça na máquina é sempre mais equilibrado, pois poupamos na água, na electricidade,  optimizamos o consumo e ganhamos claramente na higienização.

E vocês, como lavam a loiça em casa? E que detergentes usam? Partilhem connosco as vossas experiências e contem-nos se conhecerem outras alternativas conscientes ecológicas para esta tarefa que todos temos de fazer no dia-a-dia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post