Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

I Met God she’s Green

Um blog de Joana Seixas e Brandão, sobre tudo o que podemos fazer para tornar as nossas vidas mais sustentáveis e mais felizes!

I Met God she’s Green

Dia Mundial dos Oceanos - 8 passos para um Mar mais limpo

08.06.19 | Joana

 

Esta é uma semana cheia de dias importantes para o planeta, hoje dia 8 de Junho é o dia Mundial dos Oceanos. Para celebrar esta data tão importante, sugerimos 8 passos para um Mar mais limpo. Estas são sugestões que podemos começar a fazer hoje, para evitar que mais plástico e outros resíduos nocivos cheguem ao Mar. 

 

114339B2-535A-4489-94C8-0585F193EE8B.jpeg

Diogo Laço

 

Os oceanos representam 71% da superfície da Terra e 97% dos recursos hídricos do planeta, constituindo uma fonte vital de recursos biológicos, naturais e económicos.

Infelizmente, o oceano é também o receptor final da maioria dos poluentes lançados para o ambiente. O poluentes chegam ao oceano por inúmeras vias, em particular devido às descargas de afluentes e lixos domésticos ou industriais directamente nos cursos de água ou no mar, das águas que levam contaminantes desde a terra, da ação dos ventos e da chuva que transportam poluentes atmosféricos a larga distância ou de acidentes com navios ou infra-estruturas em alto mar.”  Excerto retirado de Oceanaction 

 

19966F73-E938-494B-9B07-1C133BDEDE34.jpegDiogo Laço 

 

1° Passo - Acaba com o uso das garrafas de plástico sempre que for possível. Arranja uma boa garrafa, para ti e para toda a família, agora no Verão as garrafas térmicas fazem muito sentido pois mantêm a água fresca por muito tempo. 

Adopta atitudes activas no teu dia a dia; nos Restaurantes pergunta se a água vem em garrafa de plástico, se vier recusa e pede um copo de água. 

Como consumidores temos o poder de levar as marcas a fazer uma mudança, todos os fabricantes de garrafas de plástico têm que encontrar uma alternativa ao seu produto ou minimizar o impacto final e serem responsáveis por recuperar a garrafa depois de usada.

Para além de serem poluentes, as garrafas de plástico libertam microplásticos que depois acabamos por ingerir (sabe mais aqui), por isso corremos menos riscos ao ingerir água da torneira. Em algumas zonas do país onde a água da torneira não é tão boa, podem recorrer a fontes locais, ou a filtros para tornar a água mais equilibrada. 

 

D8A59CCA-DBA8-46AF-988E-CB4ECF1A5A49.jpeg

Mãe Natureza

 

2° Passo - Junta-te aos vários programas e Movimentos de limpeza de Praias (e não só), que já existem por todo o País, participa activamente na limpeza da tua cidade. 

Aqui ficam algumas sugestões, se conhecerem outros movimentos ou programas deixem nos comentários (de preferência com o respectivo link) e podemos criar uma lista permanente para consulta.  

ALP - Ajuda na Limpeza das Praias

Sustentar os Oceanos - Projecto da WWF 

Waste4coffe - Movimento de Limpeza das praias da linhas de Cascais que troca um balde de lixo por um café. 

Lixo Zero Portugal - 1° Movimento de lixo zero em Portugal criado pela Ana Milhazes, sabe mais sobre ela na nossa entrevista

LIXO não é a nossa Praia - Organizam limpezas de Praia regulares na zona do Porto.

Brigada do Mar - Movimento de Limpeza de Praias da Costa Alentejana

Projecto SOS Oceanos & Acção de Limpeza de Praias - Lagos 

Tal como estes existem já diversos projectos espalhados pelas várias Câmaras de todo o País, especialmente nas zonas costeiras, de Limpeza de Praias de cada região, colabora com o programa da tua região. 

 

5D051AA2-46E3-4CEC-BF25-0A873A98613B.jpeg

Diogo Laço

3° Passo - Escreve aos políticos da tua região sobre as iniciativas que podem evitar com que os poluentes cheguem aos Oceanos.

 Assina e cria petições ligadas a esta área, como esta para ajudares a informar e a sensibilizar as pessoas à tua volta sobre a poluição local.

Denúncia situações de poluição que tenhas conhecimento e torna-te num cidadão activo, mais participativo e interventivo nas diversas áreas da sociedade. 

A Gulbenkian tem um programa muito interessante de ajuda à criação de Cidadãos Activos, sabe mais aqui

 

 

4° Passo - Se és fumador, nunca deites a beata para o chão, nem para uma sargeta. Tudo o que vai parar à sargeta acaba por chegar ao mar, por isso nunca mais olhes para ela como um caixote do lixo. Junta-te aos movimentos de limpeza de beatas que já existem e ajuda a minimizar esse dano.

Calcula-se que só em Portugal a cada minuto que passa, 7000 beatas vão parar ao chão, ajudar a travar este flagelo está ao nosso alcance. Sensibiliza as pessoas que conheces que o fazem e que ainda não estão despertas para esta mudança.

Arranja um cinzeiro portátil para teres sempre uma alternativa, vê mais aqui.

 

990C6957-4186-47FF-902D-333C5BF974CA.jpeg

Os alunos da Escola da Costa Nova enviaram este recado ambiental a residentes e turistas. Este projecto feito por alunos é um excelente exemplo de cidadania! 

 

5° Passo - Separar o lixo é uma acção fundamental para que não cheguem ao mar mais plásticos. Uma coisa que podemos fazer é evitar que os plásticos leves fiquem soltos, por isso sempre que tiveres que descartar plásticos mais leves, junta-os o mais possível para que não voem dos caixotes do lixo. 

 

29EC91DB-47E4-45F6-864F-C321BB7C6B23.jpeg

Imagem da Ecoloja

 

6° Passo - Cria o teu próprio kit zero waste. Com uma caneca ou copo, talheres, palhinhas de metal, assim podes evitar muito desperdício. Em breve um artigo sobre como criares o teu próprio kit. Entretanto inspira-te no kit na Ana Milhazes aqui.

 

3BD285C2-2FB3-42EE-AD7C-2F1A69BB4323.jpeg

Em breve este DIY

7° Passo - Reduz as tuas compras em todas as áreas da tua vida ao essencial, para evitares o desperdício excessivo de materiais. Reduz o consumo de tudo o que venha embalado em plástico, aprende a reduzir o desperdício, vê mais aqui. E sempre que puderes opta por comprar materiais mais amigos do ambiente, com qualidade e principalmente que durem muito tempo nas tuas mãos. 

 

A2237939-E01C-4B06-8FDD-09BD759E75E8.jpeg

WWF Portugal

8° Passo - Envia mails para as marcas com que te identificas, mas que ainda apresentam os seus produtos envoltos em demasiado plástico para que façam uma diminuição no tamanho, espessura e peso das suas embalagens isso poderá ter um impacto gigante. Informa-te sobre Eventos, Lojas e Restaurantes que já estão a apresentar alternativas ao plástico e inspira outros a iniciar essa mudança! Neste artigo podes ficar a saber mais um pouco sobre quem já está a agir. 

 

Para estarem sempre a par das nossas novidades, não se esqueçam de subscrever a nossa Newsletter.

1 comentário

Comentar post