Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

I Met God she’s Green

Um blog de Joana Seixas e Brandão, sobre tudo o que podemos fazer para tornar as nossas vidas mais sustentáveis e mais felizes!

I Met God she’s Green

Como tornar o nosso guarda roupa mais sustentável #1

21.04.19 | Joana

4-600x900.png

   A propósito da Fashion Revolution Week, que decorrerá a partir de 22 de Abril em vários locais de Lisboa, venho introduzir-vos uma colectânea de posts, sobre Moda Sustentável.

   Comprar roupa é uma das áreas em que somos mais impulsivos.  A moda e a sua pressão constantes, fazem com que estejamos permanentemente a receber estímulos para comprar roupa nova e vestir a última moda, descartando demasiado depressa roupa que ainda estava boa. A Indústria em massa, a roupa de baixa qualidade e os preços da chamada fast fashion, tornaram a Indústria da Moda num caso paradigmático de falta de sustentabilidade.

   Por isso é urgente mudar a forma como encaramos a Moda e as nossas compras nesta área. 

   O que é que podemos fazer para mudar o estado das coisas?

   Para começar, temos que nos tornar consumidores cada vez mais exigentes. E assim procurar roupas com boa qualidade, durabilidade, ética na sua confecção e sustentabilidade na sua origem. Nem sempre estas informações são fáceis de conseguir,  mas se formos exigentes, iremos obrigar as marcas a tornarem-se cada vez mais transparentes nestas matérias. 

 

O que é a Moda Sustentável?

   Não existe um conceito 100% fechado para Moda Sustentável. Para haver sustentabilidade, tem que se ter em conta diversos factores, como os métodos de produção, os materiais utilizados nas roupas ou as boas práticas da empresa. No entanto também existe sustentabilidade quando reutilizamos, reciclamos ou mantemos numa cadeia circular, roupa que ainda pode ter uma 2a vida, como por exemplo, a venda de roupa em 2a mão. O objectivo é re-criar e sustentar uma indústria, que não prejudique o meio Ambiente, nem o ecosistema que a rodeia. Outra questão importante são as condições de trabalho dos trabalhadores e os seus ordenados. Também as toneladas de desperdício de tecidos que são geradas por esta indústria, são outro grande problema. A composição de certos tecidos, fazem com que muitas roupas libertem microplásticos nas lavagens que vão parar ao mar, danificando a fauna e a flora marinha. Para criar um verdadeiro conceito de Moda Sustentável temos que alargar a discussão a muitas destas temáticas e questioná-las na hora de fazer novas compras.

 

5B5931C2-569E-4F35-A975-D495EE1BC8BA.jpeg

 

Sugestões para começar:

  • Começa por arrumar toda a tua roupa, eu tenho seguido o método da Marie Kondo e tenho tido bons resultados. Este método é muito eficaz, bastante inspirador e melhora substancialmente o tempo e a clareza com que te vestes, em breve terei um post dedicado a este método.
  • Depois de fazeres uma seleção, dá, troca ou vende as roupas que já não precisas.
  • Faz trocas com os teus amigos de roupas e sempre que precisares de uma coisa nova, primeiro tenta pedir emprestado.
  • Tenta ter toda a tua roupa visível ou de fácil acesso para que consigas tirar melhor partido do teu guarda-roupa.
  • Valoriza e cuida bem da tua roupa.
  • Arranja um local específico para cada peça de roupa e sempre que tiveres de comprar uma nova, tenta retirar uma peça antiga do teu guarda-roupa (por exemplo se já não vestes há mais de 1 ano, provavelmente não te faz falta)
  • Já existem muitas propostas para criares a tua própria coleção personalizada (capsule colection), no Pinterest tens várias opções, inspira-te nas que se podem adaptar bem ao teu estilo de vida. Para a semana teremos algumas propostas.
  • Fica atenta às notícias e aos movimentos ligados a esta área para reunires o máximo de informação e ficares cada vez mais consciente.
  • Recusa a Fast Fashion sempre que possível. Tenta não ceder aos saldos, se achas que vais vestir pouco, evita comprar para não criares mais desperdício.
  • Já existem algumas marcas que se preocupam com a transparência do que vendem, por isso procura as marcas que te dão mais informação sobre a origem dos tecidos, dos processos de fabrico e das condições de trabalho dos seus trabalhadores (em breve teremos sugestões de marcas).

 

Antes de comprar, tenta saber :

  • Se vais usar garantidamente mais de 30 vezes.
  • Se a peça que vais comprar te inspira e te faz realmente sentir bem.
  • De que material ou materiais é feita e a sua durabilidade.
  • Se tem boa qualidade (podes por exemplo ler reviews e perceber se é um bom investimento).
  • Se a origem e o material do tecido é sustentável.
  • Se tem um design que não te vai cansar ao fim de pouco tempo.

 

Os cinco passos da nossa sugestão da Pirâmide sustentável da Moda: 

1.  Valoriza e trata bem a tua roupa.

2. Compra menos, escolhe melhor o que compras.

3. Compra roupa de qualidade.

4. Compra roupa vintage e ou em 2a mão.

5. Compra marcas responsáveis. 

 

51C4CA95-4B19-4C83-9B6A-3763C889774E.jpeg

 

 

  Nas etiquetas das roupas podemos obter algumas informações, no entanto a legislação, ainda não está muito virada para a transparência nesta área. Há muita informação que deveria ser posta ao nosso dispor, que ainda é muito difícil de descortinar. E depois nem toda a roupa sustentável, consegue obter um certificado (pois são caros e muito controlados), uma empresa pequena e artesanal pode não ter essa capacidade. E nem todas as marcas que se apresentam “verdes”, o são verdadeiramente. No entanto há marcas que já estão a implementar mudanças estruturais e todos os passos devem ser valorizados. 

  Nesta colectânea vamos tentar dar-vos o máximo de informação possível e contamos também com a vossa colaboração para nos ajudar a reflectir sobre todas estas questões e descobrir o que se está a fazer de melhor nesta área.

   Não se esqueçam de que a perfeição não existe, o importante é começarmos a fazer pequenas mudanças de forma consistente. Por isso espero que fiquem inspirados para esta mudança. 

Para estarem sempre a par das nossas novidades, não se esqueçam de subscrever a nossa Newsletter.

Fotos: MrWonderfulShop /LittleDeerInteriors

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.